fbpx

VACINE-SE CONTRA O MEDO DE DANÇAR

As fobias são transtornos emocionais, caracterizados por um intenso e desproporcional temor a objetos ou situações. A corofobia vem do grego e significa medo de dançar mas, por que as pessoas tem medo?

Sabemos que a dança é uma expressão natural do ser humano e uma ótima atividade física. O que acabamos esquecendo é que os seres humanos são variados e únicos em sua forma e que não existe apenas um tipo de dança então, para pessoas diferentes existem estilos diferentes de dança. Enquanto algumas pessoas querem um balé clássico, com toda a postura e disciplina, outros preferem uma dança urbana como um Street Dance. Há quem prefira dançar só, mas há também quem prefira em par.

Vários podem ser os motivos: vergonha, passar por situação ridícula, exposição, julgamento, dificuldade em assimilar os movimentos, entre outros.

Quem já não teve vontade de dançar mas se sentiu impedido por medo de se expor? Essa vergonha acaba criando um bloqueio e faz com que você não se sinta à vontade. Vamos te passar algumas dicas que vão ajudar a superar a vergonha para iniciar uma aula de dança.

1) Pense nos benefícios: a dança sociabiliza e, além de fazer muito bem à saúde, é terapêutica, combate a ansiedade, depressão, irritabilidade e muito mais.

2) Pratique sempre: dançar só na hora das aulas não é suficiente. Escolha um lugar onde fique à vontade, coloque a música que gosta, arraste os móveis e seja feliz. Isso te ajudará a ganhar autoconfiança.

3) Dance em frente ao espelho: é uma ferramenta de aprimoramento e não um juiz, mas te ajudará a entender os movimentos de seu corpo; quais faz com mais ou menos facilidade.

4) Procure um parceiro que te dê segurança: se a opção for para dança a dois, é fundamental que tenha um parceiro que te transmita confiança, mas também vale para danças em grupo, onde um colega te apoie e incentive. Agora, se a opção for para uma dança individual, pense numa pessoa que te faça bem e mentalize que está dançando pra ela.

5) Sinta a música e inspire-se: deixe a música invadir seu corpo para que os movimentos tragam toda a emoção. Assista filmes de dança. Veja as expressões faciais e corporais.

6) Respire: inspire e expire, de forma tranquila e contínua, trocando os pensamentos negativos por pensamentos de incentivo.

7) Acredite em você: todos começaram do zero algum dia então, vá em frente.

8) Tenha paciência: ter paciência consigo, ajudará a entender o seu tempo de aprendizado.

9) Divirta-se: se optou por fazer aulas de dança para descontrair, descontraia.

VACINE-SE contra o medo de dançar, porque ninguém nasceu sabendo. Fique tranquilo quanto ao aprendizado e os erros durante o processo, isso é tudo questão de tempo e habilidade. Treine muito, porque o sucesso vem por meio da dedicação e prática.